Melhorando a mesa de trabalho

Ultimamente tenho apresentado algumas dores pelo corpo. Pois é, ninguém fica mais novo.  A idade e, principalmente, a má postura, cobram seu preço.

Meu trabalho é quase que exclusivamente digitar. Tem a parte de ler também, geralmente no monitor  —  e, de vez em quando,  pensar um pouco também. Mas o principal é de martelar as teclas do computador. Alguns dos problemas que podem afligir o digitador são:

  • ângulo do braço ao digitar ou utilizar o mouse;
  • altura do monitor;
  • mouse e teclado desconfortáveis.

Costumo ficar até muito tarde utilizando meu computador, um notebook, em cima de uma mesa. E com todos os problemas descritos acima. Mas para melhorar é preciso vontade! (e uma dor nas costas)

O primeiro passo é reconhecer o problema. Depois é buscar a solução. Primeiro troquei a cadeira por uma com ajuste de altura, ajuste de ângulo do encosto e ajuste de altura dos braços. Isto resolveu o problema dos braços, pois agora consigo um ângulo correto ao digitar.

Mas isto aumentou outro problema: preciso olhar para baixo para digitar. Solução: uma pilha de livros.

Resolveu, mas ficou meio capenga.  E eu realmente costumo ler e consultar alguns dos livros da pilha.  Visitando uma das lojas Peg & Faça eu encontrei uma tábua para prateleira, já com acabamento, do tamanho perfeito. Com a tábua em mãos, entrei em uma loja Tok & Stok e encontrei um suporte para prateleiras duplas que tinha a altura perfeita.

Minha mesa se transformou!

Ok, não mudou muito, mas minhas costas agradecem!