Seu domínio no localhost

Da série como não pensei nisto antes?

Dica útil para quem desenvolve sistemas web e quer testar o tal sistema em condições mais próximas possíveis do ambiente de produção.

Da série como não pensei nisto antes?

Quem desenvolve sites e sistemas web precisa testar seu produto em sua própria máquina (é claro que você não desenvolve direto no servidor de produção, estou certo?). Para isto é bem útil e prático configurar um servidor Apache para rodar em seu computador, principalmente se você estiver programando em alguma linguagem server sided.

O mais legal é que é possível criar uma URL fictícia para testar seu site. Esta dica me foi dada pelo Alex.

Se você ainda não fez, instale o pacote apache2 a partir dos repositórios do Ubuntu.

Vamos então editar o arquivo hosts:

sudo gedit /etc/hosts

Com o seguinte conteúdo:

127.0.0.1 localhost
127.0.0.1 www.meudominio.xyz

Note que apenas adicionei a linha 127.0.0.1 www.meudominio.xyz
Vamos então criar o arquivo de configuração copiando o default:

cd /etc/apache2/sites-available/
sudo cp default www.meudominio.xyz

Depois edite o arquivo /etc/apache2/sites-available/www.dominio.xyz com o segunte conteúdo:

NameVirtualHost www.meudominio.xyz
<VirtualHost www.meudominio.xyz>
	ServerAdmin webmaster@localhost

	DocumentRoot /home/username/sites
	<Directory />
		Options FollowSymLinks
		AllowOverride None
	</Directory>
	<Directory /home/username/sites/>
	...
	...

Trocando /home/username/sites pela pasta em que reside seu site. Note que o arquivo não está completo, coloquei apenas uma parte dele.

Depois habilite o site e recarregue o Apache:

sudo a2ensite www.meudominio.xyz
sudo  /etc/init.d/apache2 reload

Pronto! Teste entrando no site recém configurado: www.meudominio.xyz

Posts relacionados

5 opiniões sobre “Seu domínio no localhost”

  1. Pois é, mas na minha opinião testar em um servidor local e depis ter que subir todo o site é uma perda de tempo, crio logo tudo Online, so colocar em um endereço secundário e depois mudar pro oficial.

  2. A dica é técnica.

    A decisão de aplicá-la ou não depende de várias coisas: de que sistema estamos falando, para que ele serve, como se dá seu acesso, como é meu ambiente de trabalho e acesso à internet etc.

    E, putz, se meia dúzia de comandos no shell e editar um arquivo texto é tanto trabalho e perda de tempo assim, isso diz mais a respeito da pessoa que da dica…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>